Lambateria de Verão anima sextas de julho com programa na internet e na TV




Programação traz diferentes vertentes da música dançante do Pará em programas que trazem ainda receitas, danças e videoclipes


Buscando levar entretenimento em segurança para os amantes de música paraense, a Lambateria preparou uma série de cinco programas musicais que irão ao ar nas sextas de julho, sempre às 19h30, no Youtube da Lambateria, na TV e Portal Cultura. A Lambateria de Verão é uma mostra de música em formato de programa para internet que contará com apresentações de artistas que representam as diferentes vertentes da música dançante feita no Estado, misturando quadros de dança, receitas e seleção de videoclipes. O projeto foi selecionado pela Lei Aldir Blanc Pará e é uma opção para que os paraenses possam se divertir em segurança, em suas casas.


Gêneros musicais latino-amazônicos como Lambada, Guitarrada, Brega, Carimbó, Cumbia e Merengue e trabalhos autorais marcam presença na Mostra que terá a cada programa, um artista diferente. Quem abre a programação, na sexta, 02 de julho, é o guitarrista e idealizador da Lambateria, Félix Robatto que dedica a noite para a Lambada e Guitarrada. A segunda noite, 09 de julho, será dedicada à latinidade e terá como atração, Bruno Benitez, que lançou seu terceiro álbum Tropicodélico em fevereiro deste ano. A sexta do dia 16 de julho será dedicada ao Brega e terá como convidado Lucyan Costa, que irá apresentar pela primeira vez o show de seu primeiro álbum A Volta do Brega Raiz, lançado no final de maio. No dia 23 de julho, a sexta será comandada pela cantora e compositora Bella, que começou a carreira no teatro musical e iniciou sua carreira na música em março deste ano com o lançamento de seu primeiro EP Enlaço, onde mistura ritmos latinos, Guitarrada e Carimbó. A artista foi a vencedora da seleção da Mostra que abriu inscrição para artistas que tivessem interesse de participar. Além de se apresentar, Bella irá gravar um single no Caverna Estúdio com lançamento feito pela Lambada Produções. Na última sexta-feira de julho, dia 30, o público irá conferir um compacto com os melhores momentos das apresentações musicais.


Os programas Lambateria de Verão terão também vídeos com dicas de dança feitos pelo professor Rolon Ho, receitas práticas da chef Cássia Faria e da Mariucha Morgado, da Mariqueti. O DJ Zek Picoteiro encerra o programa com uma seleção de clipes de artistas paraenses.


“A Lambateria é uma festa que trabalha com o recorte da música paraense dançante. Com a pandemia, nós adaptamos nossas festas para a internet e desenvolvemos o projeto ‘Lambateria Live’ que teve mais de 140 horas de programação ao vivo. Depois do Festival em outubro do ano passado, os artistas que fazem parte do casting da Lambateria se dedicaram para lançar novos trabalhos e agora a gente volta com a Mostra de Música Lambateria de Verão, que vai ter shows inéditos, dança e entrevistas”, explica Sonia Ferro, da Lambada Produções, produtora realizadora da Lambateria.


Félix Robatto - O primeiro programa será com o idealizador da Lambateria: Félix Robatto, artista que se lançou no mundo das lives durante a pandemia, seja fazendo a programação das quintas na Lambateria Live ou as lives Guitarrada em Casa, em que Félix pôde manter contato com seu público. O produtor musical seguiu fazendo música, inclusive o single/clipe A Minha Prece, música que foge da temática festiva do guitarrista e apresenta um tom mais reflexivo. O clipe foi gravado em casa e contou com a participação do também guitarrista Pio Lobato. Outro trabalho lançado por Félix foi o single/clipe Noite de Toró, que Robatto lançou no dia 12 de janeiro deste ano em homenagem ao aniversário de Belém.


Sem poder fazer show, o artista trabalhou bastante em seu home estúdio. Dividiu com Bruno Benitez a produção musical do terceiro álbum do artista, Tropicodélico, assumindo a produção do clipe Paramaribo, uma das faixas do disco. Félix também fez a produção musical do álbum de estreia de Lucyan Costa, A Volta do Brega Raiz, que resgatou a sonoridade do Brega produzido no Pará nos anos 80 e 90. Atualmente, Robatto está produzindo o álbum Energia, da cantora e compositora Renata del Pinho, que será lançado no segundo semestre de 2021. Na Mostra Lambateria de Verão, Robatto apresenta músicas autorais em companhia do baterista Adriano Sousa, com quem Félix toca desde a época da banda La Pupuña., que surgiu em 2004.


Conteúdo – Com a pandemia e a impossibilidade de fazer shows nos bares, os palcos foram trocados pela lives. Apesar disso, foi um momento de muita produção, já que, sem poder tocar, os artistas tiveram mais tempo para produzir novos trabalhos. Nesse período, o contato com o público foi feito via redes sociais e nas próprias lives.


De junho a setembro de 2020, a Lambateria realizou a Lambateria Live, programação na internet que entrava ao vivo de segunda a sábado, de 21h às 22h, e contava com lives musicais de Félix Robatto, Bruno Benitez e Lucyan Costa, discotecagem do DJ Zek Picoteiro, aulas de dança e entrevistas. Cada dia, uma atração diferente assumia o comando.


“A Lambateria Live foi muito bacana porque as pessoas que frequentavam a festa também batiam ponto nas lives e, diferente do show, a gente trocava ideia durante a apresentação. Recebi mensagens muito legais do quanto a música estava ajudando a enfrentar este momento difícil, mas, na verdade, foi uma ajuda mútua, as lives foram muito importantes pra nós, artistas, seguirmos também. Também pudemos ampliar nosso público, já que nas lives, a galera que não tem o hábito de sair na noite, participava também, inclusive com toda a família”, relembra Félix Robatto, idealizador da Lambateria e uma das atrações da Mostra.


Entre as edições da Lambateria Live o Festival Lambateria Virtual, em setembro do ano passado, buscando estreitar ainda mais a relação com o público, a Lambateria criou um questionário online disponibilizado em seu perfil nas redes sociais, onde o público pode dar sugestões de conteúdo. As respostas foram levadas em conta na hora de definir o formato da Mostra, misturando apresentações musicais, entrevistas, receitas e dicas de dança.

A ideia do projeto é também dar espaço para que os artistas que seguiram produzindo, seja lançando singles, clipes ou álbuns, possam mostrar essa produção na Mostra.


“Esse projeto é maravilhoso, que me deu a oportunidade de poder mostrar meu trabalho. Eu sempre frequentei a festa com meus amigos, era Lambadeira, e agora tô aqui, me apresentando”, festeja Bella, que lançou a carreira musical durante a pandemia.


Clipes – Uma das tradições da Lambateria era exibir clipes de artistas paraenses nos telões das casas por onde a festa passou. Por isso, os programas encerram com uma seleção de videoclipes feita pelo DJ Zek Picoteiro, que atualmente mora em Santarém, no oeste do Estado.


Gravações – As gravações da Mostra Lambateria de Verão foram realizadas no início de junho. As receitas foram gravadas nas cozinhas das chefs Cássia Faria (@cassiafariagastronoia) e Mariucha Morgado da Doceria Mariqueti. Já os shows foram gravados no Centro Cultural Atores em Cena, um casarão antigo localizado na Av. Nazaré. O local foi escolhido por ser um espaço de cultura, um cenário muito adequado à proposta do projeto, mas também por ser bem amplo, permitindo que a equipe trabalhasse em segurança, respeitando o distanciamento com uso de máscaras e higienização constante das mãos e dos equipamentos.

“Na Mostra, nós trabalhamos com uma equipe bem reduzida e optamos por gravar em espaços com grandes janelas para a circulação de ar, evitando as salas refrigeradas, fechadas. Também montamos um cronograma para evitar aglomeração, garantindo mais segurança aos artistas e à equipe. Além, é claro, do uso de máscaras e muito álcool gel”, conta Sonia. “Nossa ideia é levar diversão em segurança para nosso público e isso começa com a segurança da equipe durante as gravações”, destaca.


Encontros virtuais – O projeto Lambateria de Verão prevê ainda a realização de três encontros virtuais gratuitos na segunda quinzena de julho. A oficina “Produção e Organização de Conteúdo para Divulgação”, voltada para artistas e produtores que desejam melhorar a divulgação de seu trabalho, ministrado pela jornalista Sonia Ferro; o bate-papo “A Música Paraense e a Inovação na Música Brasileira” que contará com participação de Félix Robatto e Bruno Benitez voltado para estudantes de música e aula show de Lambada para grupo de idosos.


A Mostra de Música Lambateria de Verão foi selecionada pelo Edital de Multilinguagens – Lei Aldir Blanc Pará, com apoio da Secult/ Governo do Estado, da Secretaria Especial de Cultura e do Ministério do Turismo / Governo Federal.


Sobre os artistas


Bella - Com 24 anos, a atriz, cantora e compositora paraense lançou o primeiro EP da sua carreira em março de 2021. O trabalho autoral, intitulado Enlaço é composto por quatro faixas que mesclam ritmos latinos aos ritmos do Pará, e contam uma história de amor que fracassou, usando de elementos da natureza para causar um efeito sinestésico nas músicas. A artista, carrega em sua visualidade, os traços da sua terra com toques de contemporaneidade.


Bruno Benitez Com sangue latino e amazônico nas veias, Bruno Benitez é um dos artistas que representa a diversidade cultural paraense, onde ritmos como Carimbó, Merengue, Lambada e a Cúmbia fazem parte do cotidiano e das festas de Belém. Por influência do pai, o músico uruguaio Daniel Benitez (falecido em 2019), Bruno começou na música cedo. Integrou diversos trabalhos musicais, entre eles o grupo Mundo Mambo e Arraial do Labioso. Após lançar dois álbuns: Coração Tambor (2014) e Miscigenado (2018), o artista parte para seu terceiro álbum solo.


Félix Robatto Guitarrista e percussionista, Félix Robatto fundou, em 2004, a banda La Pupuña que apresentou a “Guitarrada Progressiva” para o mundo. Produziu o CD “Treme”, de Gaby Amarantos, indicado ao Grammy Latino 2012, e o DVD Mestre Vieira – 50 anos de Guitarrada. Autor do “The Charque Side of the Moon”, releitura com gêneros amazônicos do “The Dark Side of the Moon” do Pink Floyd. Tem dois álbuns solo “Equatorial, Quente e Úmido” e “Belemgue Banguer”, de música latino-amazônica. É o idealizador do Clube da Guitarrada. Em junho de 2016, criou a Lambateria, festa de música paraense realizada toda quinta há quatro anos, que entre gêneros como Merengue, Brega e Carimbó, é regada a muita Lambada e Guitarrada. Em 2018, lançou o disco “Guitarrada para Bebês”, que faz releituras de clássicos da Guitarrada com sons de caixinha de música. Atualmente, está na pós-produção do DVD “As Origens da Lambada”, que conta com show e documentário sobre essa importante história da nossa música.


Lucyan Costa - cantor, compositor e produtor cultural paraense, é um grande apaixonado pelo Brega. Em 2018, lançou sua carreira profissional, sempre tendo o Brega como carro-chefe. Em setembro de 2019, assumiu a Sexta Bregosa da Lambateria Casa de Dança, festa destinada ao Brega. Em 2019, Lucyan Costa é convidado para integrar o quarteto de vocais dos Lambadeiros do Trovão, grupo de percussão que desfilou pela primeira vez no Carnaval 2020, puxando o desfile na rua do bloco Lambateria no Circuito Mangueirosa durante o carnaval de Belém. Em maio de 2021, o artista lança seu primeiro álbum A Volta do Brega Raiz, um trabalho autoral que resgata a sonoridade do Brega feito no Pará na década de 80 e 90.


Zek Picoteiro – é um apaixonado pela música paraense e, desde 2015, esquenta as noites tocando vertentes e influências da música paraense, com uma pesquisa aprofundada em Tecnobrega, Cumbia, Lambada, Merengue, Carimbó entre outros. É o Dj residente da Lambateria e também realiza a festa Batikabum, voltada para sonoridades emergentes.Já discotecou em diversas casas de Belém, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia e Brasília e também em Alter do Chão. Além de fazer festivais como Lambateria, Se Rasgum, Psica, Sonido, chegando ao palco do Rock in Rio em 2019, no espaço promovido pela Natura Musical. Durante a pandemia, Zek passou a compartilhar a sua pesquisa através de lives nas redes sociais, chegando a discotecar em diversas festas virtuais do Brasil e de Portugal, como Tela Plana, Jetreme, Boller Zoom, Rádio Cafuné, Festival Um Quarto Club e Festival Exu.


PROGRAMAÇÃO LAMBATERIA DE VERÃO – Sextas de julho às 19h30

02 de julho – Artista convidado: Félix Robatto + receita + dica de dança + clipes + entrevista

09 de julho – Artista convidado: Bruno Benitez + receita + dica de dança + clipes + entrevista

16 de julho – Artista convidado: Lucyan Costa + receita + dica de dança + clipes + entrevista

23 de julho – Artista convidada: Bella + receita + dica de dança + clipes + entrevista

30 de julho – Compacto com os melhores momentos


Serviço:

| O quê: Mostra de Música Lambateria de Verão

| Quando: Sextas de julho (02, 09, 16, 23 e 30) às 19h30

| Onde: Youtube da Lambateria Belém , TV Cultura do Pará e Portal Cultura

| Mais em: lambateria.com / Instagram da Lambateria


#música

#Belém

#Santarém

#lambateria

#mostrademúsica

#lambateriadeverão

#dança

#gastronomia

#videoclipes

#leialdirblancpará

4 visualizações