Ester Sá e Cia Girândola representam o Pará em festival de contação de histórias



As paraenses Ester Sá e Cia. Girândola de Contadores de História, representada por Katulo Gutierrez, irão participar da primeira edição do Guirii - Festival Amazônico de Contação de História, promovido através de premiação pela Lei Aldir Blanc pela produtora Fada Inad, de Rondônia. Os artistas representarão o Pará no evento que com conta 23 atrações de todo o Brasil e foram selecionados dentre 266 inscritos para compor a programação do Festival que será realizado de 20 (Dia do Contador de História) a 24 de março.


O 1º Guirii - Festival Amazônico de Contação de História é um evento online que irá exibir vídeos de contações de história para o público infantil e foi beneficiado pela Lei Federal Aldir Blanc (Lei nº 14.017/2020), Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer de Rondônia (Sejucel), pelo edital 1ª Edição Pacaás Novos (Nº 80/2020/SEJUCEL-CODEC).


Ester Sá, atriz, encenadora, contadora de histórias, escritora de cenas, produtora e cantora, contará A Pedra no Caminho no dia 20 às 16 horas. A história é um conto popular que fala sobre um rei muito sábio que percebeu que os moradores do reino, ao verem uma dificuldade, estavam se afastando de sua responsabilidade na criação de solução. Então resolve criar "um belo problema" que afeta quase toda população, e com o que acontece a seguir, todos ganham uma valiosa sabedoria.


Para a artista, participar do Festival é uma oportunidade de interação e intercâmbio com profissionais de todo o Brasil. "Penso festival como o ato de estar junto e afinar amizades e possibilidades de conexão e, por outro lado, também é uma oportunidade de chegar a outros públicos que ainda não nos conhecem, pois numa reunião de trabalhos, a visibilidade se amplia", avalia Ester.

No dia 23, às 19 horas, Katulo apresentará A Iara que Canta e Encanta, representando a Cia. Girândola de Contadores de Histórias. A história narra a história da Iara que, com sua admirável beleza e canto, possui a magia de atrair os moços e levá-los para o fundo rio. Na história, ela surge das águas com seu canto e olhar misterioso enfeitiça um robusto índio e o leva para o profundo das águas.


"Participar do 1° Festival Guirii é um reconhecimento de uma prática que tenho há 25 anos como contador de histórias. É uma satisfação estar entre os 25 selecionados desta arte milenar e assim ser um dos representes entre tantas vozes encantadoras que temos nesse estado que tanto amo", revela Katulo.

RECONTAH - Rede de contadores de Histórias do Pará - Katulo Gutierrez e Ester Sá fazem parte da RECONTAH- Rede de contadores de Histórias do Pará, um coletivo de artistas que se dedicam a arte de contar histórias e que se reúnem para realizar ações coletivas e compartilhamento de informações e de afeto. Formada em 22 de junho de 2019, o coletivo comemora a participação dos seus integrantes. Independente da ação ser de iniciativa do coletivo ou por seus integrantes, a rede sempre comemora quando um ou mais dos seus membros está num evento como um festival, pois todos se sentem representados.


A RECONTAH-PA integra cerca de setenta contadores de histórias, dentre os municípios da região metropolitana de Belém e conta também com membros de Paragominas, Marabá, Altamira, Cachoeira do Arari e Parauapebas.


Serviço

| O QUÊ: 1ª edição do Guirii - Festival Amazônico de Contação de História

| QUANDO: 20 a 24 de março de 2021

| ONDE: Canal da Produtora Fada Inad no Youtube

| MAIS EM: Instagram do Festival


#Rondônia

#contaçãodehistórias

#festivalonline

#online

#GuiriiFestivalAmazônicodeContaçãodeHistória

#LeiAldirBlancPará

#EsterSá

#KatuloGutierrez

29 visualizações