Curtametragem Pássaros estreia nesta sexta, 26

Atualizado: Fev 23

Decolonialidade, cultura e identidade, o musical inspirado nos Pássaros Juninos busca valorizar a cultura popular paraense, com produção feita durante a pandemia





Crédito foto: Vitor Martins.


Com a proposta de valorizar os traços tradicionais da cultura paraense, a produtora Maíri produziu e gravou o curta-metragem “Pássaros”, uma adaptação do musical teatral Pássaro Inquieto, inspirado nos espetáculos Melodrama-Fantasia dos pássaros juninos, com estreia para esta sexta-feira (26), às 20h, no Youtube.


Com a direção de Jesus Maia e Lucas de Castro, que também assina o roteiro, a trama se passa na antiga terra de Ybirá, onde a princesa Helena de Arandis (Marcela Alves) e o Guerreiro Taiguara da etnia Maíri (Vagner Mendes) embarcam em uma jornada para recuperar o que lhes foi tirado, mas descobrem que o mundo inteiro está preste a mudar. Os Maíris são os primeiros habitantes de Ybirá; com uma sabedoria e conexão com a floresta terão que resistir às investidas da família Arandis, uma parte da família real de Ourém, que se mudou para comandar o processo de colonização. Dom Abelardo (Yuri Wariss) é o irmão mais novo do Rei de Ourém e foi designado a governar a recém fundada colônia. Dona Constança (Helena Bastos) é sua esposa e mãe da princesa Helena (Marcela Alves) e príncipe Jeoaquim (Yuri Avelar).


“Estamos muitos satisfeitos com o resultado, pois fazer arte em plena pandemia é desafiador. Fomos impossibilitados de pensar o projeto para os palcos, tivemos que remodelá-lo e transformá-lo em audiovisual, seguindo todos os protocolos de segurança, não podendo ensaiar e nem ter todo o elenco junto no set de filmagem. Foram meses de trabalho árduo”, relembra Jesus Maia, diretor da produção.

A equipe técnica formada por Beatriz de Oliveira (assistente de direção), Karina Castro e Taynara Garcia (direção coreográfica), Leno Ávila (direção musical) e Murilo Ferreira (preparador de elenco), junto com Jesus e Lucas ensaiou um elenco de 23 pessoas, desde setembro de 2020 até janeiro de 2021. O cronograma foi pensado por núcleos que tinha um limite de 5 ou 7 pessoas por ensaio, respeitando o distanciamento e usando máscara. As gravações ocorreram no começo de fevereiro, junto com o processo de edição e finalização. Lucas Castro conta que, em conversa com os demais diretores, a parte mais difícil foi não ter todo o elenco junto.


“É ainda mais desafiador manter uma mesma energia, trabalhando por núcleos. O trabalho de corpo e canto foi muito intenso, eles usavam máscara o tempo todo, cansavam mais rápido, mas ainda assim conseguiam se divertir, transformar o ambiente e os ensaios em algo leve. Nós valorizamos muito os nossos artistas e foi um prazer trabalhar com esse elenco”, concluiu Lucas.

O projeto foi contemplado pelo Prêmio Preamar de Arte e Cultura – Produção e Circulação no ano de 2020. Com o objetivo de ser acessível, sua exibição terá legendas CC e audiodescrição, além de ser disponibilizado gratuitamente na internet.

Crédito foto: Vitor Martins.


Oficina - Além da exibição, a produtora Maíri irá ministrar a oficina Pássaros - Brincar atuar e voar!. Os diretores do curta Jesus Maia e Lucas de Castro vão ministrar a oficina que vai debater sobre o Teatro Popular Paraense e as Características do Ator-Brincante. A oficina será nos dias 23, 24 e 25 de fevereiro, das 18h às 20h30, no Teatro de Apartamento (Tv. Soares Carneiro, 826 - Umarizal, Belém) e tem vagas limitadas.


As inscrições estão abertas e podem ser feitas clicando neste link.


Ficha técnica:

Elenco

Marcela Alves – Helena;

Vagner Wendel – Taiguara;

Marina Lamarão – Iracema;

Melqui Matos – Mitíco;

Dante Monteiro – Daren;

Wellen Ávila – Jaci;

Sandrinha Wellen – Alira;

Juan Matos – Macunaíba;

Yuri Wariss – Abelardo;

Yuri Avelar – Jeoaquim

Helena Bastos – Constança

Igor Ibiapina - Intendente

Vitor Martins – Tião

Emanuele Correa – Francisca

Matheus Lensi – Tomás

Eduarda Souza – Prisioneira/Feirante

Mayra Albuquerque – Y’TY (Espírito da água)

Nathália Nancy – Y’RA (Espírito do Ar)

Raphael Rodrigues – Y’BY (Espírito da Terra)

Iago Castro – Y’TA (Espírito do fogo)

Raquel Cunha – Mirtis


Equipe Técnica:

Jesus Maia - Direção e Produção

Lucas de Castro – Direção, Produção e Roteiro

Fillipe Rodrigues - Assistente de Direção e Edição

Beatriz de Oliveira – Assistente de Direção

Silas Sousa – Direção de Fotografia

Michael Barra – Captação de Som

Marckson de Oliveira - Iluminação

Claudio Bastos - Cenografia

Lenno Ávila – Direção Musical, Arranjo Vocal e Produção

Karina Castro - Direção Coreográfica

Taynara Garcia – Direção Coreográfica

Bonelly Pignatário - Figurino

Murilo Olegário - Preparação de Elenco

Joyse Carvalho - Produção

Filipe S.- Composição (Letras e Melodias)

Emy Oliveira - Arranjo Instrumental

Rafael Barros - Arranjo Instrumental

Yuri Wariss - Design Gráfico e Arte

Emanuele Correa - Assessoria de Comunicação

Leonardo Barros - Assistente de Roteiro

Bárbara Jubin – Assistente de Figurino

Marina Lamarão - Assistente de Figurino


Serviço:

O QUÊ: Lançamento curtametragem Pássaros

QUANDO: 26 de fevereiro às 20h

ONDE: Youtube

INSCRIÇÕES OFICINA Pássaros - Brincar, atuar e voar!: acessar este link

Mais em Instagram Maíri Produtora


Com informações da assessoria de imprensa.


#curtametragempássaros

#curta

#audiovisual

#produtoramaíri

#culturapopular

58 visualizações